Nosso Pan sem Rodrigo Pessoa

Rodrigo Pessoa desiste da disputa nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro deixando sua vaga para algum cavaleiro ou amazona que seja competidor apenas no Brasil e não participe das provas mais importantes do mundo do hipismo que estão na Europa. Com isso perdemos um talento que sem o menor incentivo de seu país conseguiu reconhecimento mundial como um dos melhores nomes que o hipismo já viu, em especial no Brasil, mantendo-se sempre por sua conta e por conta de patrocinadores. A equipe brasileira tem excelentes competidores, mas deixa de ter um nome de reconhecimento mundial, além de outros nomes que estão no momento fora do Brasil alcançando resultados que estamos acostumados a ouvir somente de nomes desconhecidos por nós. O novo presidente da Confederação Brasileira de Hipismo Maurício Manfredi, com isso coloca fora uma oportunidade de medalha de ouro, pois os próprios competidores brasileiros (que participam de competições somente no Brasil) sabem que não temos muitas chances, pois os nossos concorrentes são aqueles que participam de provas internacionais.

Não é um bom argumento o de querer fortalecer o Hipismo no Brasil. Pelo contrário, pois a ausência de medalhas nessa modalidade desmotiva aqueles que praticam o esporte e deixa de trazer um maior número de adeptos ao esporte, pois a popularização, sim traria maiores condições aos atletas brasileiros para competirem fora daqui com patrocínio de empresas nossas e assim condições de competir aqui no país e fora nas provas mais importantes do hipismo mundial.

Comment (1)

  1. osmar lopes de oliveira wrote::

    Oi como faço para consegui o Dvd do senhor .Desde já agradeço

    Sunday, May 17, 2009 at 7:57 pm #